GORGS legitima SCODRFB e GCE/RS como únicos responsáveis pela DeMolay no RS

publicado em 20 de Junho de 2017
Ato 11.131/17 - GORGS
Ato 11.131/17 - GORGS
Foto: GCE/RS

No dia de hoje, foi disponibilizado o Boletim Quinzenal do Grande Oriente do Estado do Rio Grande do Sul (GORGS) de 15/06/2017, onde consta o Ato 11.131/17 de 05/06/2017, que Regulamenta o Patrocínio e Funcionamento de Capítulos DeMolays e Demais Organizações Afiliadas à Ordem DeMolay.
 

Nesse ato, o Soberano Grão Mestre do GORGS, Tadeu Pedro Drago:


Autoriza e Recomenda o patrocínio e funcionamento de Capítulos DeMolays e demais organizações afiliadas à Ordem DeMolay, desde que as respectivas Cartas Constitutivas sejam oriundas e expedidas pelo SUPREMO CONSELHO DA ORDEM DEMOLAY PARA A REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL – SCODRFB;


Desautoriza o patrocínio institucional, instalação, cessão de Templos para sessões ritualísticas, ao funcionamento de Capítulos DeMolays e demais organizações paramaçônicas ligadas à Ordem DeMolay, cujas Cartas Constitutivas não tenham sido oriundas e expedidas pelo SUPREMO CONSELHO DA ORDEM DEMOLAY PARA A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL – ”SCODRFB” e que não estejam regulares com o GRANDE CONSELHO ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL – GCE-RS, instituição que representa o SCODRFB neste Estado da Federação;


Determina às Lojas que estejam apoiando os Capítulos considerados irregulares perante o SCODRFB e DI, para que no prazo máximo de 90 (noventa) dias, contados da publicação do ATO, promovam as respectivas regularizações/migrações ao SCODRFB, sob pena de estarem apoiando entidade paramaçônica irregular e, com essa atitude, penalizar e comprometer o processo de regularidade e relacionamento com Potências Maçônicas regulares no Brasil e no exterior; e


Revoga as disposições em contrário, em especial o “Tratado de Amizade, Mútua Confiança e Irmandade e Proclamação e Declaração do Representante da Organização Maçônica, Grande Oriente do Rio Grande do Sul – GORGS, em Apoio e Reconhecimento ao Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil”, assinado em 16/12/2009 com o SCODB e, também, sua “Ratificação”, assinada em 12/07/2012.

Ao comentar sobre o teor do Ato, Diego de Ávilla Rodrigues (Grande Mestre Estadual), diz que "o documento reconhece a Legitimidade dos trabalhos desenvolvidos pelo nosso Supremo Conselho e o Grande Conselho Estadual. Estamos cientes de que esse é um passo importantíssimo rumo ao futuro da Ordem DeMolay no Brasil, qual seja seguirmos os mesmos valores e virtudes UNIDOS em prol de uma causa maior do que qualquer um de nós".


O Grande Conselho do Estado do Rio Grande do Sul e o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil, desde já, se colocam à disposição para qualquer esclarecimento e manifestam sua intenção de acolhimento, informação e suporte a todos os Capítulos DeMolay do Rio Grande do Sul.


O conteúdo do Ato na íntegra pode ser conferido a seguir (transcrição literal):

 


"ATO Nº 11.131/17 de 05/06/2017 - REGULAMENTA O PATROCÍNIO E FUNCIONAMENTO DE CAPÍTULOS DEMOLAYS E DEMAIS ORGANIZAÇÕES AFILIADAS À ORDEM DEMOLAY.


TADEU PEDRO DRAGO, Soberano Grão-Mestre do Grande Oriente do Rio Grande do Sul, FAZ SABER a todos os Maçons, Lojas, Triângulos e Delegados deste Grão-Mestrado que, no uso de suas atribuições legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 43, II do Regulamento Geral - Constituição Povo Maçônico do Grande Oriente do Rio Grande do Sul,


CONSIDERANDO:


Que o Grande Oriente do Rio Grande do Sul vem exaustivamente promovendo o relacionamento com Potências Maçônicas regulares no Brasil e no exterior, e por isso o GORGS e seus obreiros não podem manter laços com instituições irregulares e não reconhecidas;


Que a Ordem DeMolay é um grupo de jovens patrocinado e apoiado pela Maçonaria desde 1919, que foi criada nos Estados Unidos da América por um Maçom da cidade de Kansas City, chamado Frank Sherman Land;


Que a Ordem DeMolay, diferentemente da Maçonaria, é uma marca devidamente registrada nos Estados Unidos da América, cujo único proprietário legal e legítimo é o DeMolay International, o qual possui poderes exclusivos para administrar a Instituição e usar seus emblemas, nomes e rituais em todo o planeta e, ainda, outorgar a outras instituições congêneres o direito de administrá-las em seus países;


Que em nível internacional existe um “Supremo Conselho Internacional” - “SCI”, sede originária da Ordem DeMolay, hoje também denominado “DeMolay International - DI”, que é uma organização norte-americana que detém todos os direitos de propriedade intelectual e de imagem referente à Ordem DeMolay, e que é reconhecida internacionalmente como entidade máxima da Ordem DeMolay no mundo;


Que a regularidade e reconhecimento de qualquer Supremo Conselho da Ordem DeMolay ou Oficialaria Executiva somente ocorre através do “DeMolay International – DI”;


Que para o funcionamento regular de um Capítulo DeMolay deve existir o apoio (patrocínio) de uma Loja Maçônica regular e a presença constante de um Maçom regular em todas as reuniões, bem como estar vinculado a um Supremo Conselho da Ordem DeMolay reconhecido como legal e legítimo;


Que, no Brasil, o SCODRFB – Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil, fundado em 06/07/2004 e instalado no dia 21/08/2004, é a única organização legal, legítima e autorizada pelo DeMolay International por meio de Carta Constitutiva conferida por este para administrar a Ordem DeMolay, conforme resolução adotada no dia 16/06/2004, por ocasião de sua Sessão Anual realizada em Denver, Estado do Colorado, Estados Unidos da América;


RESOLVE:


Art. 1º - Autorizar e recomendar, no âmbito do GRANDE ORIENTE DO RIO GRANDE DO SUL, o patrocínio e funcionamento de Capítulos DeMolays e demais organizações afiliadas à Ordem DeMolay, desde que as respectivas Cartas Constitutivas sejam oriundas e expedidas pelo SUPREMO CONSELHO DA ORDEM DEMOLAY PARA A REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL – SCODRFB;


Art. 2º - Desautorizar, no âmbito do GRANDE ORIENTE DO RIO GRANDE DO SUL, o patrocínio institucional, instalação, cessão de Templos para sessões ritualísticas, ao funcionamento de Capítulos DeMolays e demais organizações paramaçônicas ligadas à Ordem DeMolay, cujas Cartas Constitutivas não tenham sido oriundas e expedidas pelo SUPREMO CONSELHO DA ORDEM DEMOLAY PARA A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL – ”SCODRFB” e que não estejam regulares com o GRANDE CONSELHO ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL – GCE-RS, instituição que representa o SCODRFB neste Estado da Federação;


Art. 3º - Determinar às Lojas que estejam apoiando os Capítulos considerados irregulares perante o SCODRFB e DI, para que, no prazo máximo de 90 (noventa) dias, contados da publicação deste ATO, promovam as respectivas regularizações/migrações ao SCODRFB, sob pena de estarem apoiando entidade paramaçônica irregular e, com essa atitude, penalizar e comprometer o processo de regularidade e relacionamento com Potências Maçônicas regulares no Brasil e no exterior;


Art. 4º - Recomendar aos Delegados Regionais e aos Veneráveis Mestres das Lojas o zelo e acompanhamento do cumprimento destas determinações;


Art. 5º - Determinar ao Diretor para Assuntos Paramaçônicos do GORGS, a adoção dos procedimentos relativos ao registro, notificação e publicação do presente ATO junto às Lojas Jurisdicionadas, bem como junto ao “Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a Republica Federativa do Brasil – SCODRFB”;


Art. 6º - Orientar aos Conselhos Consultivos dos Capítulos DeMolays e também às Lojas patrocinadoras que os contatos com o Grande Conselho Estadual-RS da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil podem ser feitos por meio do endereço eletrônico grandemestre@demolayrs.com.


Art. 7º - Este ATO entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrario, em especial o “Tratado de Amizade, Mútua Confiança e Irmandade e Proclamação e Declaração do Representante da Organização Maçônica, Grande Oriente do Rio Grande do Sul – GORGS, em Apoio e Reconhecimento ao Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil”, assinado em 16/12/2009 com o SCODB e, também, sua “Ratificação”, assinada em 12/07/2012.


Dado e traçado no Gabinete Antão Abade das Chagas, aos cinco dias do mês de junho do ano de dois mil e dezessete da E%uF05CV%uF05C


TADEU PEDRO DRAGO, Grão-Mestre.


IVO GILBERTO FRAGA, Ministro da Administração;


PAULO VALDEMIR DAS CHAGAS, Ministro da Guarda dos Selos"


PUBLICADO NO INFORMATIVO QUINZENAL DO GORGS - 15/06/2017

Comentar
0 comentário(s)